O prefeito Fabrício Oliveira apresentará o projeto para revitalização e alargamento da faixa de areia da praia central para os setores hoteleiro e gastronômico, nesta terça-feira (26), às 17h, no hotel Rieger.

O presidente do Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Balneário Camboriú (Sindisol), Alessandro Fondini, pede a presença da classe.

“É importante a participação de todos os empresários para compartilhar opiniões. Essa é a única maneira de sabermos como está e qual é a perspectiva do projeto que irá influenciar o futuro da nossa praia", convidou Fondini.

Fabrício está empenhado em avançar nesse assunto. Com o anteprojeto em mãos, pediu ajuda ao governador Raimundo Colombo em junho e ele se mostrou interessado, mas ninguém falou em valores. Um mês depois, o prefeito esteve em Brasília e apresentou o assunto ao presidente Michel Temer, que também se mostrou interessado.

O assunto está nas rodas há mais de duas décadas. Dezenas de reuniões, seminários e audiências, já ocorreram.

No anteprojeto o preenchimento atingirá 70 metros, dos quais 45 de faixa de areia e 25 de urbanização, mais do que o dobro das medidas atuais.

Atualmente em alguns pontos a faixa não tem 7 metros e o prefeito faz questão de dizer que quer o alargamento nos 6 km de extensão da orla.

Enquanto a prefeitura trabalha o projeto executivo, na obtenção das licenças ambientais e de verbas (a primeira fase tem custo estimado em R$ 100 milhões), o prefeito vai apresentando o que já está no papel para a sociedade organizada.

Outros R$ 100 milhões estão previstos para a segunda etapa, que é a urbanização.

Fonte: Pagina 3

Comentários