Nos últimos dias as reclamações nas ruas e nas redes sociais foram intensas quanto ao trânsito da cidade. A Prefeitura divulgou em nota que, além dos moradores e turistas, a cidade estaria sendo usada por motoristas que trafegam pela BR-101 para cortar caminho, e por isso tantas filas.

A nota não explica como alguém que se desloca pela BR-101 chegará mais rápido ao destino "cortando" caminho por dentro de um município cujo trânsito é ruim na temporada e fora dela.

A alegação é que com a BR-101 parada, os motoristas optariam por descer em Balneário e seguir em direção a Itajaí por dentro.

A chuva seria outro fator complicador para os problemas.

O supervisor do Trânsito, Luciano Mello, explicou que situações como essa costumavam acontecer apenas durante as festas de fim de ano ou no máximo até dia 5 de janeiro, mas a BR-101 continua com fluxo intenso e que isso se reflete diretamente no trânsito do município. “É uma situação atípica na cidade”, pontuou.

Ações paliativas

Como alternativa para auxiliar o trânsito, os semáforos são desligados e agentes de trânsito controlam o fluxo manualmente.

Em alguns pontos é necessária a interrupção do tráfego temporariamente para impedir que tudo pare.

Isso acontece quando o movimento nos arredores do Balneário Shopping prejudica a mobilidade.

O mesmo acontece na Rua 3300, prejudicada pelo volume intenso do tráfego que chega da BR-101. Ali os agentes estão fechando o acesso para que os veículos que descem da BR-101, fazendo assim com que eles sigam pela Marginal Leste até a Rua 3100 ou continuem em direção à Avenida do Estado.

Uma alternativa para não ser pego desprevenido é verificar a situação do trânsito pelo Waze, através no mapa ao vivo. A ferramenta mostra em vermelho as regiões de tráfego lento.

Fonte: Pagina 3

Comentários