Na véspera do Dia das Crianças, os pequenos terão uma oportunidade para desenvolver o talento culinário.

O projeto “Doces Artesanais – História e Tradição”, patrocinado pela Lei de Incentivo à Cultura de Balneário Camboriú (LIC), oferece uma oficina gratuita a crianças de sete a 11 anos.

A atividade será realizada às 15h e às 16h15 desta quinta-feira (11), na loja Camicado, no Balneário Shopping. As inscrições estão encerradas. Ministrada por Sandra Virgilia Pedroso Cunha, proponente do projeto na LIC, a oficina dura uma hora. Participam das duas edições 40 crianças, que aprenderão a fazer doces que não precisam de cozimento. Para os adultos, haverá oficinas gratuitas e inclusivas em 19, 20 e 27 de outubro, com a presença de uma intérprete de Língua Brasileira de Sinais (Libras).

Nas atividades, haverá preparo de bolos, rocamboles, recheios, coberturas, decoração, pão de ló, tortinhas, sobremesas e doces com tradição familiar. As inscrições também estão encerradas com o preenchimento das vagas. O projeto “Doces Artesanais – História e Tradição” realizou outras ações, como uma pesquisa de campo sobre doces artesanais produzidos e consumidos em Balneário Camboriú e um documentário sobre o assunto, cujos resultados podem ser acessados no Facebook do projeto, www.facebook.com/docesartesanaishistoriaetradicao/ . “O que me motivou a realizar o projeto na área foi a variedade enorme de doces em Balneário Camboriú. Fizemos pesquisa de campo com todos os setores que trabalham com doces, desde padarias, restaurantes a vendedores de rua. Também fizemos uma enquete sobre qual a sobremesa preferida, e as vencedoras foram o sagu e o pudim”, comenta Sandra, produtora cultural e pesquisadora.

Informações Adicionais:

Fundação Cultural de Balneário Camboriú

(47) 3366-5325

Diretoria de Comunicação

Jornalista: Silvana de Castro

Foto: Divulgação (47) 3267-7022

Fonte: Fundação Cultural de Balneário Camboriú

Comentários

Responder