A Praça do Pescador, no Bairro da Barra, receberá mais uma edição do Sarau da Tainha neste sábado (4), a partir das 19h.

A primeira atração da noite será o Cerco de Ideias, que são discussões com convidados especiais com o objetivo de aprofundar diálogos sobre temáticas do interesse do público que frequenta o Sarau da Tainha e da comunidade do Bairro da Barra. Nesta segunda edição Cerco de Ideias, o tema será a preservação da Identidade Cultural do Bairro da Barra. Para discutir o assunto, foram convidados o historiador e jornalista André Pinheiro, que vai apresentar o projeto Pescador de Histórias, desenvolvido em 2018 e 2019, e a arquiteta e urbanista Nara Perna, a qual falará do Levantamento do Patrimônio Edificado do Bairro da Barra com Identidade Cultural de Balneário Camboriú, realizado em 2016. A mediação das ideias ficará a cargo da bibliotecária, contadora de histórias e ativista cultural Édina Calegaro.

A atração musical será o quarteto Coza Nossa, um grupo de música instrumental formado por músicos do Vale do Itajaí com mais de 10 anos de experiência e com destaque na cena catarinense. O grupo apresentará interpretações de clássicos do Jazz, da MPB e um repertório autoral que estará no próximo disco, a ser lançado ainda neste ano.

Também estão na programação do Sarau da Tainha o Microfone Aberto (um espaço para as pessoas se manifestarem), livros artesanais e muitas histórias de pescador. O público pode levar uma cadeira de praia para apreciar o evento, que vai até as 23h e é gratuito. Se chover, o Sarau da Tainha ocorrerá no Atelier Casa Linhares, localizado ao lado da praça.

Realizado pelo coletivo Peixaria Cultural, o Sarau da Tainha tem o apoio da Fundação Cultural de Balneário Camboriú, por meio do edital de apoio a eventos. Desde quando foi criado, em 2015, o Sarau da Tainha ocupa a Praça do Pescador para reforçar a identidade cultural do Bairro da Barra e fortalecer a cena artística independente.

Fonte: site Visse?

Comentários